Como fazer o controle financeiro da sua empresa

outubro 9, 2012 2MInf No Comments

Em muitas empresas de pequeno porte, o proprietário coloca a organização em segundo plano, dando prioridade às operações diárias de produzir e vender. É comum encontrar pequenos empresários que não conhecem os valores exatos a receber no dia. Para obter essa informação com precisão, perde-se muito tempo buscando informações anotadas em diversos lugares.

Em outros casos, o empresário não tem controle de caixa que permita apurar se todos os recebimentos e pagamentos estão corretos e se o saldo em caixa confere com as entradas e saídas de recursos.

Se o empreendedor não anota e não conhece corretamente as despesas, é impossível projetar valores a gastar, planejar reduções e controlar para que as despesas não saiam dos limites estipulados.

Em resumo, não é possível uma empresa sobreviver sem que haja uma boa organização das informações necessárias à gestão financeira do negócio.

Os principais instrumentos de análise e planejamento financeiro das empresas são:

* Fluxo de caixa: indica os recebimentos e os pagamentos a serem realizados e apura o saldo disponível de caixa na data efetiva de recebimento ou pagamento;
* Demonstrativo de resultados: indica o volume de vendas, o custo das mercadorias vendidas, as despesas variáveis, as despesas fixas, e apura o lucro líquido por meio do regime de competência no momento em que esses eventos ocorrem, independentemente de seu recebimento ou pagamento;
* Balanço patrimonial: indica os valores do ativo, do passivo e apura o valor do patrimônio líquido da empresa.

Recomendações

* Seja rigoroso na atualização dos dados financeiros. Evite fazer as coisas pela metade. Cobre do funcionário eventuais erros e discordâncias dos valores encontrados;
* Diariamente, escolha um dos controles (por exemplo, contas a pagar) e confira se todos os lançamentos estão de acordo com os documentos (por exemplo, notas fiscais) que os geraram;
* Estime um valor mensal de lucro, em reais, considerado bom para a remuneração do capital;
* É importante observar que o planejamento pode ser feito com metas para outros prazos – como para o trimestre ou semestre – e que, para que o planejamento financeiro funcione, é preciso estabelecer metas realistas, que possam ser alcançadas;
* Caso tenha computador, adquira um programa de controle financeiro empresarial ou elabore planilhas de Controle de Caixa, de Controle de Conta Corrente, de Contas a Receber e de Contas a Pagar de forma organizada.

Fonte: Sebrae RJ

, , , , , , , Blog

Deixe um comentário